Sun City Resort

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sun City Resort

Mensagem por The Order em Qui Dez 11, 2014 4:25 pm

Sun City Resort
SUN CITY É UMA ESTÂNCIA DE FÉRIAS SUL-AFRICANA. PESSOAS FAMOSAS COMO FRANK SINATRA, QUEEN, RAY CHARLES, ELTON JOHN JÁ SE APRESENTARAM ALI. SUN CITY OFERECE HOTÉIS DE LUXO, CAMPOS DE GOLFE, PISCINAS, CASSINOS E BELAS FLORESTAS AO REDOR DO RESORT.
NOTES : The Supernatural Return

avatar
Ver perfil do usuário
Mensagens :
136

Data de inscrição :
16/06/2014

Localização :
~ Na frente do PC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Maggie Holbrook em Dom Maio 31, 2015 3:14 pm



Yes, my strength is in solitude. I'm not afraid nor timely rains nor the large loose winds, since I am also the dark of night.
Cassino.

Havia escurecido não há muito tempo, existia ainda alguma claridade no céu, porém nada me impedia de perambular pela cidade como qualquer outra pessoa normal. Após anos sendo vampira me acostumei com o escuro e perdi totalmente a vontade de sair no sol, mas se eu queria me manter viva, eu teria que aparecer, pois a noite quase não havia mortais nas ruas para que eu pudesse me alimentar.

O ar da noite estava frio aspecto que já fazia parte de mim, caminhei pelo resort sem me preocupar com o que me aconteceria, afinal eu já não era mais aquela garotinha assustada. A jaqueta de couro não fazia nenhum efeito em mim, mas por questão de estilo eu a usava. A bota de salto alto fazia um barulho gostoso no piso deixando um rastro de eco onde eu passava.

Á medida que saia e entrava de lugares no resort visualizei uma sala movimentada, continuei caminhado e avistei um cassino aberto. Avisto um garçom servindo drinques e pego um para mim. Aproximo-me de um rapaz que está jogando, um rapaz elegante e bem bonito por sinal. –Vem sempre aqui? –perguntei dando um breve gole no meu drinque e sorrindo cinicamente.

  # tags:  com quem fala # music: worth it  # Thanks Maay From TPO.
avatar
Vampiro
Ver perfil do usuário
Mensagens :
25

Data de inscrição :
19/05/2015

Idade :
27

Localização :
Em algum bar bebendo provavelmente.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Stephen Schmidt em Dom Maio 31, 2015 10:33 pm


E
ra fim de tarde, pude perceber isso ao olhar para o céu pela janela do quarto que eu estava. A vontade de sair e curtir aquela noite tomou conta da minha mente, só queria relaxar e esquecer um pouco da vida. Peguei uma das minhas melhores roupas e as botei, saindo do lugar logo em seguida. Segui pelos corredores do local sem direção, apenas apreciando a forma que tudo foi construído.

Os detalhes me traziam boas lembranças de casa, não sabia explicar o porquê. Quanto tempo estava sem falar com seus pais? Meses talvez? Nem eu mesmo sabia. Senti um pequeno impulso de pegar um telefone e ligar, mas o som de fichas e taças batendo uma na outra chamou minha atenção. Por acidente tinha chegado nas portas do cassino. Entrei, curioso.

Nunca tinha jogado em um Cassino, mas reconhecia alguns jogos de baralho ali. Peguei uma taça de bebida que um dos garçons estava servindo e deixei repousando na minha mão. Uma mulher que estava passando chamou minha atenção, eu seguia ela com meus olhos. O jeito que o corpo dela se movia me deixava interessado. Continuei observando de longe, esperando uma deixa para que eu pudesse agir.




avatar
Médiuns
Ver perfil do usuário
Mensagens :
8

Data de inscrição :
23/05/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Uriel em Dom Maio 31, 2015 11:04 pm


I think I like...Cafe

O sol já estava se acomodando em seu pequeno conforto fazendo o céu escuro, estava uma noite quase agradável quando lembro a mim mesmo que felicidade não é um plano superior.
Precisava fazer algo naquele começo de noite, dias gastados dentro deste lugar faz tudo parecer monótono e cinza, realmente um porre para mente é o que eu preciso.
Uma roupa de costura fina e corte elegante na cor azul celeste, absurdamente dizendo que não me importo com dinheiro, na verdade, se importar com coisas tão inúteis não faz bem para alma se é que eu possuo uma.

O ar gélido parecia cortas minhas bochechas, de fato, era necessário uma boa aparência, um perfume caro e doce, pois diversas vezes barrado neste local por parecer jovem me ensinou que se tiver dinheiro não pedem sua identidade. Andando me perdia entre alguns rostos, físico, talvez alguns nem mundanos sejam, estremeço só de pensar nisso. Cassino, meu olhar não é tentador tanto quanto minha mente, um sorriso de leve se forma, pego um drink antes de entrar, champagne para acompanhar a dose de trapaça ao longo das décadas que aprendi nesses jogos.

Me movo a passos lentos ao meu jogo favorito, baralho, uma onde de lembranças me atingem e fica mais excitante a ideia de que irei jogar novamente. Me acomodo ao local com mais duas pessoas, eu as observo lentamente, uma mulher e um homem, bem afeiçoados, não digo uma palavra, apenas dou um sorriso no canto do rosto enquanto desvio o olhar dos dois.  

avatar
Anjos
Ver perfil do usuário
Mensagens :
9

Data de inscrição :
29/05/2015

Localização :
Por aí...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Fome em Seg Jun 01, 2015 5:46 am


No Drama, Please.
Your power is nothing against mine.


A noite parecia silênciosa á medida em que a húmidade caía sobre aquela localidade, fazendo causar arrepios nos "sacos de carne" que vestiam roupas mais ousadas para uma noite fora de regras. As rodas do meu Cadillac Escalate de cor negra, deslizavam suavemente á beira do passeio onde por fim estacionei. Os vidros fumados impediam que os de fora vissem quem permanecia no interior do veículo, mas ainda havia quem se senti-se curioso para tentar ver quem era. Deviam ser clientes de rotina que nunca tinha visto aquele carro nas redondezas. Sorri de canto abrindo por fim a porta e botando um pé no solo, e em seguida o outro, erguendo um corpo esbelto coberto por um vestido deveras ousado e justo de cor vermelha, acompanhado com uns sapatos de tacão a um pequena bolsinha que se mantinha na minha mão. Sorri de canto olhando para o meu próprio corpo, e ergui as sobrancelhas satisfeita comigo mesma. Ergui a cabeça para a frente e endireitei as costas andando rumo ao grande "Palácio".

Seguindo pelos corredores, pude notar que alguns homens me comiam com os olhos, de alto abaixo... Engraçado, tanto tempo aparentando ser um homem e nenhuma mulher tinha chegado perto, agora que havia testado a outra face as coisas pareciam mudar. Até quantos homens podia ter a meus pés? Era uma pergunta brincalhona que fazia para mim mesma, mas também um tão desafiante. Hoje estava disposta a causar show, e a minha plateia não podia esperar mais. Adentrei então num dos Cassinos mais frequentados e segui rumo ao pequeno palco sempre acompanhando o passo elegante sobre os sapatos. Algumas pessoas tentavam saber quem eu era ou de onde vinha. Apanhei no micro e olhei para todos com máxima atenção - Boas Noites caros mortais ou sacos de carne... Whatever. Bem, deixem-me dizer que este estabelecimento está ótimo. Nunca tinha visto nada igual... - falava enquanto forçava uma cara de admirada e  ria alto em seguida, notando a atividade dos seguranças vindo rumo a mim - Bem sem mais demoras, vou-me me apresentar... - fiz uma leve vênia inclinando assim meu tronco para a frente e encarei o público ao estreitar os olhos, concluindo - Sou a Fome, e espero que disfrutem do resto da noite. - com um rápido movimento, girei o anel sobre o meu dedo e uma energia obscura percorreu a sala forçando um estranho impulso a ter algo mais intimo com a pessoa que se lhe aparece-se á frente. As hormonas dos demais estariam provavelmente aos saltos, e de um momento para o outro já se podia ver pessoas se beijando de forma selvagem, outras de despindo. Homens com mulheres, homens com homens e mulheres com mulheres. Uma mistura que me fez erguer outro novo sorriso enquanto observava a linda paisagem, aumentando a fome por desejos sexuais dos demais. Aquilo definitivamente iria ser caloroso... Muito caloroso.

Poderes Utilizados:

● Desejo compulsivo


TAG: #everybody | Note: blabla | Style: This
Lotus Graphics
avatar
Cavaleiros do Apocalipse
Ver perfil do usuário
Mensagens :
2

Data de inscrição :
17/04/2013

Idade :
2016

Localização :
Em toda parte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Maggie Holbrook em Seg Jun 01, 2015 1:02 pm



Yes, my strength is in solitude. I'm not afraid nor timely rains nor the large loose winds, since I am also the dark of night.
Cassino.


-Sim? Interessante. –falei retirando minha jaqueta e a segurando. –Então nos encontramos por ai, e quem sabe você não me paga um drinque depois?- falei saindo de lá e indo em direção ao rapaz que parecia me seguir com os olhos. –Algum problema? Você joga?. - tomei mais um gole de meu drinque e inclinei minha cabeça para o baralho que estava na mesa.

Coloco minha jaqueta sobre a cadeira e permaneço em pé esperando uma resposta até que outro rapaz se aproxima sorrindo e com o olhar desviado. “Hoje vou ter variedades” pensei enquanto cruzava os meus braços.  A tensão ali era visível e seria até uma situação engraçada se o sangue deles não estivesse bombeando tanto.

Respirei fundo e virei todo o conteúdo de meu copo em minha boca, sentido o ardor do álcool descer pela minha garganta. Fazendo-me que eu pegasse o drinque do último rapaz que chegara ali. –Então, o que dois rapazes fazem aqui. –perguntei sorrindo para eles.

Percebo que havia uma garota no microfone falando algo que não percebi bem sobre mortais e sacos de carnes, se apresentou como fome e aquilo era bastante estranho. Após ela terminar de falar comecei a ficar com uma enorme vontade de tirar a roupa. Então comecei a me abanar com a mão para ver se aquela vontade estranha acaba-se logo.


  # tags:  com quem fala # music: worth it  # Thanks Maay From TPO.
avatar
Vampiro
Ver perfil do usuário
Mensagens :
25

Data de inscrição :
19/05/2015

Idade :
27

Localização :
Em algum bar bebendo provavelmente.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Stephen Schmidt em Seg Jun 01, 2015 10:18 pm


D
ei um gole na bebida assim que a mulher que comi com os olhos se aproximou.- Problema nenhum. Eu sou Stephen, prazer. - dei um sorriso descontraído - Eu não, nunca me interessei. E você ? - Larguei então a taça com um garçom que estava passando. Olhei por um momento as pessoas jogando, um dos homens tinha apostado todas as suas fichas. Louco, pensei. Voltei minha atenção para a bela mulher, esperando uma resposta.

Observei um homem se aproximando, se vestia bem mas não parecia apresentar perigo algum para meus planos daquela noite. - Estou aqui por nada, na verdade. Saí do quarto, andei um pouco e acabei parando por aqui - Cruzei meus braços e sorri - Além de beber, o que você faz aqui? - Foi então quando alguém começou a falar no microfone. Apesar de estar focado nas pessoas com quem estava interagindo, a última frase que a mulher pronunciou ecoou na minha mente. Foi quando senti uma estranha vontade de ter relações com quem estava presente ali. Respirei fundo tentando pensar em outra coisa, mas essa vontade crescia cada vez mais.





avatar
Médiuns
Ver perfil do usuário
Mensagens :
8

Data de inscrição :
23/05/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Uriel em Seg Jun 01, 2015 10:40 pm


I think I like...Cafe

O cassino estava bem harmonioso, mas não estava com vontade de conversar apenas queria me divertir. Observei o homem alto, devorando a loura com os olhos, literalmente querendo comer, era impossível de não reparar, homens são todos iguais de qualquer forma. Reviro os olhos sentindo um leve desconforto, tomo mais um gole do Champagne.

O casal a minha frente estava bem humorado, e todos pareciam rir a pesar do tempo, isso já estava me deixando com tédio, eu não sai para servir de castiçal pra ninguém. Dou um sorriso leve muito forçado aos dois seguido de um aceno de cabeça me despedindo. Começo a andar em passos lentos ainda bem perto do casal, escuto uma louca falar no microfone, estranho, esse modo de falar não é mundano, e no final da frase eu me ligo que de fato não é humana.

Ela some do palco e um clima cresce, me movo para trás e sento na mesa onde jogava baralho, sinto minha pele corar e um desejo louco de agarrar um homem, algo que cresce com mais vontade e queimando. Observo as pessoas ao redor, com a mesma sensação, umas começavam até tirar a roupa. Coloco a mão na testa tentando me concentrar em algo, mas o desejo de fazer sexo só crescia a cada segundo.

avatar
Anjos
Ver perfil do usuário
Mensagens :
9

Data de inscrição :
29/05/2015

Localização :
Por aí...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Fome em Qua Jun 03, 2015 2:19 pm


No Drama, Please.
Your power is nothing against mine.


O clima ao meu redor começava a ficar abafado. As várias pessoas daquela divisão do estabelecimento não se controlaram mais em satisfazer seus desejos. Poucos gemidos de prazer eram já ouvidos em cada canto e isso me fez abrir um sorriso no canto dos lábios enquanto caminhava por entre a multidão. O meu vestido justo mostrava as curvas de um corpo estruturadamente feminino com vestígios de bom treinamento de ginásio. Num movimento com a mão soltei o cabelo loiro do elástico ao ver dois jovens ao longe tentando controlar aquele desejo que emanava o ar. Fixei os olhos do homem - bem estruturado fisicamente e barba mal feita porém lhe dava um ar mais carregado e masculino - sua aura era fraca como a de um humano normal porém podia ter um toque de algo sobrenatural. Era médium, então não hesitei em parar na sua frente.

Abri um sorriso natural e mirando-o nos olhos enquanto algumas mechas de cabelo pairavam sobre meu olho direito, falei num tom suave e doce - Bom porte. Chega aqui... - mordi meu próprio lábio e chamei-o com meu próprio dedo indicador enquanto o poder saia livremente pelo meu corpo dando ao homem uma intensa vontade de me beijar e acariciar. Contornei seu pescoço e sobre seu ombro encarei a loira que se abanava, provocando-a com o olhar. Porém meus olhos ganharam o tom do véu das trevas, sendo coberto por uma cor preta ou enegrecida. Era impossível de identificar as pupilas, mas estes estavam bem fixos na elegante mulher, que seria uma vampira. Revirei o olhar e por fim descobri o terceiro rapaz, sentado, mantinha um controle sobre o ainda fraco desejo, mas me ocorria algo pela mente.

Foquei-me então na loira novamente e num piscar de olho esta iria ter a forte fome de se alimentar prazerozamente daquele jovem, enquanto deixava o homem que estava comigo, satisfazer seus desejos de forma controlada, sempre atenta aos seus gestos. Aquilo ainda só ia no inicio...

Poderes Utilizados:

● Desejo compulsivo
● Fome extrema


TAG: #everybody | Note: blabla | Style: This
Lotus Graphics
avatar
Cavaleiros do Apocalipse
Ver perfil do usuário
Mensagens :
2

Data de inscrição :
17/04/2013

Idade :
2016

Localização :
Em toda parte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Maggie Holbrook em Qua Jun 03, 2015 4:45 pm



Yes, my strength is in solitude. I'm not afraid nor timely rains nor the large loose winds, since I am also the dark of night.
Cassino.


Peguei um cigarro no bolso de minha jaqueta e um isqueiro que o acendi. Coloquei o mesmo em minha boca dando uma longa dragada e soltando o ar pela minha boca. –Eu jogo, para descontrair e também para ganhar dinheiro já que é fácil ganhar. –Disse pegando uma taça com o garçom que passava em minha frente. –Tolo, vai perder estratégia fraca e muita ambição. - disse observando o cara que havia apostado todo a sua ficha.

-Desculpe-me incomodá-la senhorita, mais não é permitido fumar aqui dentro. - uma voz surgiu do nada e, um cara desconhecido me chamou a atenção por estar fumando ali. –Ah, perdão não sabia disso. - dei uma última dragada. –Aqui, tome, apague para mim. - falei dando o cigarro para ele e soltando o ar de minha boca. “Espero que aproveite bem sua última noite, seu verme inconveniente”

Volto minha atenção para o rapaz que me secava com os olhos e o mesmo já estava algo falando comigo e que requeria minha atenção especial. –Além de beber, eu jogo e mato minha sede, se é que você me entende. - o respondi dando um leve sorriso cínico em meus lábios e cruzando meus braços. Percebo que o último rapaz que havia chegado estava saindo de fininho e com aquela toda sensação que eu estava sentindo todos estavam sentindo, alguns até já se encontravam nus ou até quase se engolindo.

A garota louca que estava no palco agora a pouco, se encontrava entre nós três, e estava agarrando com o primeiro homem que havia chegado ao local primeiro. Encarava-me e tentava me provocar com seus olhos o que estava dando certo.

Uma enorme vontade de beber o sangue do rapaz que estava calado me tomou, fazendo com que eu virasse todo o liquido de minha taça pela minha boca, sentindo o prazer do ardor que o liquido deixava sobre minha garganta. O sangue do jovem estava bombeando muito e minha sede aumentava cada vez mais. Sua garganta tão limpinha e branca, que até conseguia ver seu sangue passando por ela, então me aproximo dele parando em sua frente. –Desculpe, mais é você ou eu, é a ordem natural das coisas e todos têm que se alimentar essa é a vida. - disse segurando sua cabeça e a abaixando fazendo com que seu pescoço ficasse brevemente visível. Aproximo-me mais de seu pescoço, minhas presas estavam já de fora prontas a atravessar a pele dele.

O sabor do sangue preencheu toda a minha boca, um enorme peso saiu de meus ombros e finalmente aquela sensação que eu sentia sumiu e consegui me acalmar. O homem estava ainda vivo, eu conseguia ouvir a sua respiração baixa e os fracos batimentos do coração. Mais o deixei ali, no chão o encarando encanto limpava os meus lábios.



  # tags:  com quem fala # music: worth it  # Thanks Maay From TPO.
avatar
Vampiro
Ver perfil do usuário
Mensagens :
25

Data de inscrição :
19/05/2015

Idade :
27

Localização :
Em algum bar bebendo provavelmente.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Stephen Schmidt em Qua Jun 03, 2015 5:52 pm


M
antenho meu olhar nos olhos da mulher todo o tempo, apesar de minha mente pedir outra coisa. O modo que ela falava e agia me dava ainda mais vontade de tê-la. Peguei uma taça com o garçom que passava, apenas pra acompanhar a moça - Parece tolice gastar dinheiro com isso, mas você com certeza sabe muito mais que eu. - disse ao perceber que ela tinha comentado do homem que eu observei.  Olhei em volta e muitos, se não todos, estavam seminus se agarrando. Parecia que de uma hora para outra aquele lugar se transformou num bordel, ou pior. "Será que marcaram esse lugar para um voyeur?" - Pensei, imaginando estar no lugar errado, na hora errada.

Voltei a minha atenção para a moça misteriosa. Notei a estranha resposta que ela me deu, mas não consegui ligar os pontos. Escutei alguns gemidos, já estava começando a me sentir desconfortável naquele lugar. Quando fui oferecer para que a minha companhia saísse comigo a mulher que estava falando no microfone apareceu. Entrei em um transe, ou algo assim, já não conseguia raciocinar direito. Tudo o que ela sugeria, fiz.

Coloquei minhas mãos em sua cintura e me aproximei dela, seu vestido estava marcando  suas curvas de um jeito sensual. Toca-la aumentou ainda mais o desejo que já tinha pela mulher, já não prestava mais atenção em nada ao seu redor além dela. Aproximei meus lábios aos dela e os beijei, senti meu corpo todo tremer. Acabara de ficar totalmente viciado naquele ser. Passei então a descer minha boca até seu pescoço, dando leves beijos até chegar lá, onde senti um perfume que agia como afrodisíaco para mim. Beijei seu pescoço algumas vezes, enquanto passava minhas mãos no traseiro voluptuoso dela, então voltei minha atenção para a boca. Mordi seu lábio inferior com delicadeza e o puxei levemente, então voltei a beijá-la. Continuei a acariciá-la e beijá-la até onde ela permitisse, já tinha perdido todo o controle para o prazer.




avatar
Médiuns
Ver perfil do usuário
Mensagens :
8

Data de inscrição :
23/05/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Uriel em Qua Jun 03, 2015 10:59 pm


I think I like...Cafe

Tudo parecia descontrolado, pessoas fazendo sexo, gemidos, roupas ao chão, parecia um filme pornográfico. Me levanto da mesa tentando manter minha concentração na porta, estava conseguindo caminhar lentamente, tentado sair. Olho para frente, a loura que antes estava lá atrás aparecera na minha frente, sua língua passava pelo seus lábios, estava sedenta por algo e provavelmente eu tinha isso.

Ela disse algumas palavras que só consegui entender após a mordida que ela me deu, seus dentes no meu pescoço. Cacete. Ela tomou o suficiente para me fazer fraco e ficar jogado no chão, meu pescoço queimava e meus batimentos estava diminuindo. Eu não vivi muito para morrer desse jeito, pelo menos ainda estava consciente e conseguindo enxergar bem, pelo menos por enquanto.

Me sento apoiado na mesa que antes eu jogava baralho, sinto o sangue escorrer, avalio a pressão que ele sai, não acertou a jugular o que é uma coisa boa. Retiro meu lindo casaco de fina estampa e rasgo duas partes, uma eu coloco sobre a mordida e a outra eu enrolo no pescoço, pressionando o outro pano no ferimento com a esperança do sangue parar ou desacelerar.
Levanto cambaleando do chão e sento em cima da mesa, olho o local, ainda estava com um certo desejo, uma certa fome, solto uma gargalhada divertida, se for o meu último dia, que eu aproveite bem.

Tomo um gole do Champagne que eu havia abandonado anteriormente em cima da mesa e jogo no chão. Olho para os lados, a menina que estava no palco se agarrava com o homem que antes jogava comigo também, não era uma cena de se desconsiderar, poderia dizer que estava até excitante. Respiro fundo e encaro um homem, ele estava sem sua camisa mostrando seu definido corpo, mordo o lábio, seu rosto era masculino, fechado, o tipo que eu adoraria em ter o dia inteiro. Aponto para ele e chamo com o dedo, minha cabeça da voltas, ele anda em minha direção com um gingado, um olhar tentador, fico a altura dele sentado na mesa e o puxo para um beijo, bem quente. Brinco com a língua dele e passo os braços sobre o ombro largo que ele havia.

Abro as pernas e puxo ele pra cima de mim, nos deitando na mesa, tomando cuidado com o meu ferimento, ele está tão alucinado que nem se espanta com o sangue. Fecho as pernas na cintura dele o beijando, o corpo dele junto ao meu, sinto o calor subir, hoje só estou querendo aproveitar.



avatar
Anjos
Ver perfil do usuário
Mensagens :
9

Data de inscrição :
29/05/2015

Localização :
Por aí...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Arcanjo Rafael em Dom Jun 28, 2015 3:46 pm





África

Confronto e morte.


Sexto Céu.
A Cura de Deus não parecia à vontade com os assuntos abordados pelos dois querubins que debatiam consigo.
- Rafael... - Susurrou Alexiel, como se estivesse implorando ao arcanjo que atendesse ao seu pedido.
- Não, Alexiel. - Suspirou, levantando a mão. Diferente de sua casca, o arcanjo possuía cabelos louros e longos que lembravam o ouro de sua couraça, olhos azuis que lembravam o céu, e lábios vermelhos que lembravam o sangue. - Trata-se de um caído, não perderei meu tempo envolvendo-me nos assuntos dos cavaleiros. - Esbravejou, inclinando-se mais ainda em seu trono, seu braço estava escorado na Espada da Cura - símbolo de sua soberania perante as demais castas.
- E se a Fome possuir informações que o levem a Lúcifer? -Tharon, um dos querubins mais experientes do quinto céu, uma longa cicatriz passava por seu olho esquerdo, cuja visão não era mais usada devido ao profundo ferimento. - Arcanjo da Cura... - Tharon completaria, mas antes, Rafael ergueu seu braço, mandando-o parar, aquilo foi o bastante.
- Está decidido. - Levantou-se, levando a espada consigo. - Descerei até o plano mortal, procurarei pelo cavaleiro, e então... - sorriu - Dirá por bem, ou por mal. - Desfez-se em um raio, deixando os querubins frente ao trono de ouro.
África.
O clima tropical foi substituído por raios e trovões anunciando uma tempestade. Árvores balançavam, poucas que sucumbiram, levadas pela forte chuva. E então, um raio atingiu o saguão do hotel. Um homem de barba cerrada, delineando seu queixo triangular, terno alinhado e gravata vermelha, braços bem definidos e um olhar sombrio. - Interessante... - Disse, forçando os punhos, veias saltaram em seus braços como fios de corda, não demorou muito para que pudesse caminhar em direção a forte áurea que o cavaleiro exalava. - Não... - Sentia também uma áurea celeste, um anjo? O que ele estaria fazendo ali?
- Senhoras e senhores, e... - Deixou a lâmina da espada da cura escorregar pela manga do terno até ficar visível aos olhos dos convidados. - Fome. - Sorriu, arqueando as sobrancelhas. As luzes começaram a piscar. - Anjo, vampira, humano... e um cavaleiro. - Coçou a barba, piscando para o ser que começou todo aquele tumultuo. - Oh, não se preocupe comigo, continue seu joguinho. - Estalou os dedos, fazendo aqueles três seres desaparecerem do cassino e surgirem no saguão. - Minhas intenções eram boas, confesso. - Em um instante, não estava mas ali. Surgindo atrás do cavaleiro, riu por alguns segundos, ao final, deixou um sorriso escancarado em seu rosto. - Adivinhe só. - Abriu a mão, mostrando o anel que outrora esteve no polegar do cavaleiro, agora estava na palma da mão do arcanjo. - Diga a Lúcifer que o Céu mandou um abraço. - Materializou a espada na mão desocupada, desferindo um corte na altura do coração do cavaleiro do apocalipse.
- Feito. - Forçou os dedos contra a palma da mesma mão, apertando o anel. Desapareceu, ecoando o barulho de um raio.
A tempestade parou, o sol brilhou novamente, agora, restavam apenas vestígios do que aconteceu mais cedo. E claro, o cadáver do cavaleiro.





_________________ ♦Supernatural Return♦_________________


Arcanjo Rafael
''Após a tempestade vem a bonança''

avatar
Arcanjos
Ver perfil do usuário
Mensagens :
77

Data de inscrição :
13/04/2013

Idade :
35

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sun City Resort

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum